Faculdade Fibra 2018.

(62) 3313-3500

Alunos de Enfermagem da Faculdade Fibra participam das ações do "JULHO AMARELO"

29/7/2018

 

As hepatites virais têm se tornado um problema de saúde pública
devido alto índice de notificação dessa doença, por esse motivo o Ministério da
Saúde pactuou com Estados e Municípios um plano para eliminação da doença
até 2030. O plano defini que as pessoas acima de 40 anos de idade como
prioritárias para tratamento e possibilita avaliar a agregação de novas
tecnologias. O objetivo é simplificar o diagnóstico, ampliar a testagem e
fortalecer o atendimento as hepatites.
A hepatite C tem o maior número de notificações dentre todas as
hepatites, em 2017, a taxa de incidência foi de 11,9 casos por cada 100 mil
habitantes. Correspondendo há mais de um milhão de pessoas que tiveram
contato com o vírus do tipo C, o que representa 0,71% da população brasileira.
Além das infeções crônicas da doença, é responsável também, por 2/3 dos
cânceres de fígado (BRASIL, 2017).
Diante desses dados epidemiológicos o Ministério da Saúde intitulou o
dia 28 de julho como o Dia Mundial de Combate às Hepatites Virais, tornando o
mês de Julho Amarelo. Por esse motivo, o Programa Municipal de
IST/AIDS/Hepatites Virais de Anápolis contou com o apoio dos alunos do Curso
de Enfermagem da Faculdade Fibra para a realização durante o mês de julho
das seguintes ações:
- Evento: “Dia de testagem e aconselhamento no Centro de Convivência
do Idoso (CCI)”.
- Dia: 03/07/2017.
- Horário: 13h às 17h.
- Evento: “Dia de testagem e aconselhamento no Terminal Urbano”.
- Dia: 09/07/2017.
- Horário: 8h às 16h.
- Evento: “Dia de testagem e aconselhamento no Hospital do Idoso”.
- Dia: 10/07/2017.

- Horário: 8h às 16h.
- Evento: “SIPAT da empresa Atacadão”.
- Dia: 11/07/2017.
- Horário: 15h.
- Evento: “Dia de Conscientização contra as Hepatites Virais”.
- Dia: 20/07/2017.
- Horário: 8h às 12h.
- Local: Auditório do SENAC.

Em todos os eventos foram realizados teste rápido para hepatites B e
C; sífilis e HIV; aconselhamento dos casos positivos; educação em saúde (para
prevenção das IST); distribuição de preservativos masculinos e femininos; gel
lubrificante e material impresso educativo; sendo que um dos eventos
aconteceu uma palestra com o Coordenador Estadual das Hepatites Virais, Dr.
Thiago Guida de Menezes.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload